domingo, 25 de novembro de 2007

Max Roach - Percussion Bitter Sweet



Depois dessa excelentíssima dica do Cavalo Ruivo a respeito do grande baterista brasileiro Milton Banana (de quem eu sou absolutamente fã, desde 1974 – ah! E vale a pena conferir os outros tantos discos por ele relinchados. Tem pelo menos uns 23), volto aqui então, sob essa nova (ou anterior) alcunha, por insistência dos meus amigos eqüinos, para sugerir a audição deste disco de um também baterista, que revolucionou a arte de tocar os tambores, tornando a bateria, um instrumento capaz de realizar temas, variações e melodias.

Max Roach foi um dos responsáveis pela gênese dos estilos be-bop e hard-bop, juntamente com outros três cavalos da bateria, Big Sid Catlett, Kenny Clarke e Art Blakey. Teve a oportunidade de acompanhar quase todos os principais nomes do novo estilo; fartou-se de cavalgar junto com Charlie Parker, Dizzy Gillespie, Kenny Clarke e Bud Powell, e participou de inúmeras gravações antológicas na segunda metade dos anos 40. Entre 1949 e 1950 participou nas históricas gravações do Birth of Cool de Miles Davis e em 1953 tocou, com Gillespie, Parker e Monk, naquele que ficou conhecido como "o maior concerto de jazz de sempre" (registado no álbum Live at Massey Hall).

Em 1958, ele se engajou ativamente na defesa dos direitos dos negros americanos. Em 1960, para selar seu engajamento com o movimento, gravou We Insist! Freedom Now Suite, contando com o incentivo da cantora e ativista Abbey Lincoln, com quem Roach foi casado entre 1962 e 1970.
O disco Percussion Beeter Sweet, de 1961, traz novamente o caráter político e a participação da cantora Abbey Lincoln. Este disco revela o baterista no auge de suas capacidades. São incríveis as melodias que se percebem nos seus solos. E os temas têm um estilo muito diferenciado e próprio, com os vocais de Abbey Lincoln.

Então fica aqui a dica para os cavalos que curtem galopar ao som do be-bop. Boa cavalgada!





6 comentários:

Cavalo Ruivo disse...

Parabéns! O texto de Cavalo Baio é milho da melhor qualidade!

Cavalo Ruivo disse...

Aliás, aproveito para dar a dica a todos de outros sites para guardar os discos. O pessoal reclama do rapidshare porque não dá pra baixar vários na sequência, ele pede pra esperar.
Tem o http://www.zshare.net/ que é bem liberado, mas não aparece a evolução do upload.
O http://www.mediafire.com/ tem me parecido o melhor, é sem restrições de download e aparece a evolução do upload.
Abraço!

Cavalo Tião disse...

Este cavalo eh um legitimo animal!

Leandro Deffente disse...

Rapaziada, gostaria de parabenizar a iniciativa e o conteúdo do site. Meu amigo Serginho indicou e já consegui perceber que aqui a qualidade reina. Seguindo a linha edtorial "Tamô no páreo!!" Abraços

cavalo crioulo disse...

relinchando em estereo

Cavalo Raio disse...

É relho!!!