quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Herbie Hancock - Sunlight - 1977



Herbie Hancock é um retardado, um tarado musical. Começou no jazz mais tradicional, tocou na melhor formação de Miles Davis, se adapatou ao funk nos anos 70, foi pro eletrônico nos 80 e gravou mais de 60 discos. Fez tudo que é merda que se pode imaginar, e ainda está fazendo.

Por isso seria muito difícil escolher um disco só para postar. Espero, inclusive, que os outros equinos ajudem com outras bolachas virtuais.

Mas escolhi esse, que talvez para os amantes convictos do jazz seja o mais bagaceiro de sua carreira (não, o "Feets, Don´t Fail Me Now" é mais...).

Herbie Hancock - Sunlight - 1977


No final dos anos 70 Herbie claramente tentou se aproximar do que a juventude negra americana estava ouvindo. A maioria do disco é de composições de muita elegância, meio disco/pop, aquele clima Nova Iorque final dos anos 70 quando ainda achavam ingenuamente que o pó tinha chegado pra levantar o astral do pessoal. Só a última música é que um jazz doidera, inclusive com Tony Willians na bateria e Jaco Pastorius no baixo.
E além disso, parece que o Herbie resolveu virar canário.
Pra isso ele usou no disco todo um vocoder Senheiser VSM 201, equipamento raríssimo hoje em dia. Ligado principalmente junto com um Minimoog, como na foto, mas em várias músicas acredito que ele tenha usado outros synths polifônicos. O Vocoder (voice + encoder) é um aparelho usado desde os anos 30, primeiramente para segurança em comunicações. Como a maioria da tecnologia que usufruímos hoje em dia, de audio ou não, foi um produto das necessidades logísticas da guerra. Era usado para codificar mensagens.

A voz humana é produzida a partir de dois fatores: a vibração das cordas vocais, e a forma que a boca dá a esses sons (basicament). O que o vocoder faz é usar o que falamos ou cantamos para dar forma à uma fonte externa de som. Por exemplo, um teclado. Ou seja, é um bagulho muito louco.
Pois Herbie fez isso com maestria nesse disco. Tem umas banda usando uns vocoder digital palha atualmente em Porto Alegre, mas é brabo, tchh.
Aqui a lista de teclados usado nesse disco:
Synths:
Oberheim Polyphonic, Oberheim OB-I, ARP 2600, Mini-Moog, ARP String Ensemble, Yamaha Polyphonic Synthesizer, Sequential Circuits Prophet , ARP Odyssey, Poly-Moog, Micro-Moog, E-Mu Polyphonic Synthesizer.

Eletro-mecânicos:
Yamaha CP-30, Hohner D6 Clavinet, Rhodes Electric Piano e piano acústico.
Existe um vídeoclip da música "I Thought It Was You", playback e radio edit, mas mesmo assim excelente. Eu tinha mas perdi num backup mal feito. Peço ao Chicavalo74 que poste aqui, ou no You Tube.

Vale lembrar que dois anos depois Herbie Hancock lançou o disco Direct Step, gravado ao vivo em estúdio no Japão, onde ele toca uma longa versão de "I Thought It Was You", com dois vocoders. Vale a pena conferir. Um dia eu posto.


10 comentários:

Rocinante disse...

Já devidamente BOSTADO e aprovado.

Relinchos!

Toda a estrebaria aqui escutou e bateu os casco!!

Chicavalo 74 disse...

Ruivo, excelente disco, excelente texto, de muito bom gosto mesmo.
Acredito que este foi o primeiro disco com voz deste cavalo nascido em Chicago em 1940. (alguém me corrige se eu estiver enganado). Parabéns pela pastagem, deixa comigo que eu posto este clipe, vale a pena ver a cara dura de Herbie neste playback.
A propósito, em 1997 eu fui num show deste eqüino no Blue Note em Nova Iorque, quartetinho de Jazz piano/baixo de pau/bateria e trumpete...em um momento do show ele se levantou do piano e tocou com as mãos diretamente nas cordas do piano melodias incríveis, algo realmente impressionante de ver.
E para terminar, só para constar, a minha potrinha Júlia sabe cantar a faixa 1 inteira, além de sempre me pedir para escutar em casa.
Abraços a todos.

cavalo crioulo disse...

Alfafa mágica

coisa fina....

Anônimo disse...

ola, queria avisar que o link para o disco do Itamar assumpção não está funconando. dá "file not found"

valeu e parabéns pelo Blog. Mto Legal!!

Cavalo Ruivo disse...

Já atualizei o link do Itamar Assumpção, dá uma olhada lá no post. Créditos para o http://sombarato.blogspot.com/
Valeu por avisar.
Abraço.

Cavalo Baio disse...

Gostaria de saber se o Chicavalo já postou o video que foi prometido.

Anônimo disse...

lamentavelmente nenhum dos link para os albuns do Herbie Hancock estão funcionando. Buaaaaaaaaá

Cavalo Ruivo disse...

Pra mim, o link do Sunlight tá funcionando.

Diogo disse...

Quando a música é fina,
Rebobina.

Rachelle disse...

Awesome!