domingo, 17 de fevereiro de 2008

Bola Sete - É a Bola da Vez (1959)






Djalma de Andrade, mais conhecido como “Bola Sete”, foi um guitarrista brasileiro nascido dia 16 de Julho (16+7...) de mil novecentos e 23 no Rio de Janeiro, encaixotado no dia 14 de Fevereiro de 1987 em Greenbrae, California. Já tocou com Dizzy Gillespie, Vince Guaraldi e outros jazzistas cuiudos por essas estâncias do mundo. Nos primórdios da sua joranda musical ele tinha seu conjunto chamado “Bola Sete e seu Conjunto”, com quem excursionou pelo Brasil nos anos 50. Morou pratcament durante toda sua carreira nos Estados Unidos gravando diversos discos até o final da sua carreira.



Foto da Tour com Dizzy Gillespie

O disco que venho a postar é o último dele gravado no Brasil, intitulado de “É a Bola da Vez”, Bola Sete interpreta temas de diversos compositores, com muita técnica o negão esbanja fraseados com melodias de muito bom gosto juntamente com divisões rítmicas bem gingadas.

Não consegui achar o time que joga junto com ele nesse disco, e nem mais informações interessantes sobre Bola Sete ou o disco que aqui venho a lhes proporcionar. Devido a tal obscuridade do “artefato”, coloquei à disposição desse bando de eqüinos para poderem ouvir essa obra e, se gostarem, pastar mais por desse campo.

Segue uma foto do Bola Sete com o Santana, na época em que ele, o Santana, não tocava mais com o Michael Shrieve. O Bola Sete é o da direita, no caso.





7 comentários:

sot77 disse...

your blog is really good! http://sot77.blogspot.com

Cavalo Ruivo disse...

Olha aí, até os gringo pastando por aqui... Pena que o blog do cara é grego, literalmente.

Muito bom o Seven Ball. Aqui tem 2 vídeos com ele num trio de jazz, mas infelizmente com violão. Bom, pelo menos não é em linha...

http://www.youtube.com/results?search_query=%22bola+sete%22+jazz&search_type=

Excelente postagem, abraço.

Rocinante disse...

Mas é claro, Pé de Paaaano!!

Outra linhagem na fauna equina da literatura, do desenho animado, da HQ, do cinema, da música, do baixo, de uma guitarra, uma bateria.

O Bola 7 foi comentado na ocasião da palestra que nosso administrador proferiu já no distante mês de... novembro (?) e até agora não havia cruzado esta linha de chegada.

Meu problema ainda é fazer download de qq disco que passe pelo rapidshare. Mas isso pode ser um problema aqui da minha carroça.

Aproveitando: será que agora início de março, não poderia ocorrer mais um módulo do ciclo de palestras?

Aproveitando: a encomenda de bostagem do célebre disco "LÓKI?" tá sob a responsabilidade do Chicavalo.
Tô preparando um disco de 74.

Relincho cromático atonal/atual

Rosamaria disse...

Gui
Não falo a linguagem de vcs, mas adorei teu blog e as músicas.
Vou voltar com calma.
Bjim.

Pé-de-Pano disse...

Me disponho/responsabilizo também, a pastar, disco por disco, em seus devidos tempos, os 7 volumes da coletânea Pulp Fusion, se este potreiro estiver interessado!

Ludwig von Üfergrösse disse...

Contaram o número de trastes na guitarra do Bola Sete na foto com o Dizzy Gillespie? Brrrrr...

Anônimo disse...

Bola Sete é o jimi Hendrix Brasileiro. Ele não toca guitarra a sério. Ele brinca com suavidade e ritmo impressionante. Leveza, sutileza, beleza, sonoridade. Valeu. Estou ouvindo Shebaba enquanto escrevo este comentário.
Valeu!!!!